Apresentação

História

Localização

Restauração

Organistas

O Órgão

organistas

Elisa Freixo e Josinéia Godinho

Organistas

Elisa Freixo No campo de música erudita, Elisa Freixo tem uma das mais importantes carreiras do país na atualidade. Após ter concluído seus estudos no Brasil, viveu quatro anos na Europa. Estudou órgão e cravo, tendo cursado a Escola Superior de Música e Artes Cênicas de Hamburgo, Alemanha, a Schola Cantorum de Paris e o Conservatório Nacional de Rueil Malmaison, França.

De volta ao Brasil em 1982, vem se apresentando aqui e no exterior em inúmeros concertos de órgão, cravo e fortepiano, e desenvolvendo uma atividade paralela como camerista. Reside hoje em de Mariana, Minas Gerais, onde é responsável pela série de concertos no órgão histórico Arp Schnitger, instalado na Catedral da Sé dessa cidade. A partir de 1985, gravou 12 discos e CD’s, dos quais seis de produção independente, dedicados a obras de J.S.Bach, Mendelsohn, autores românticos, e uma série composta até agora de três volumes dedicada ao órgão da Sé de Mariana.

Seu primeiro CD, com o selo Auvidis-Valois francês, dedicado ao repertório espanhol do século XVIII, recebeu um prêmio inédito entre artistas brasileiros: o Grand Prix du Disque da Nouvelle Academie Française, uma das distinções mais importantes do mercado fonográfico mundial.

Josinéia Godinho, organista e cravista, formada pela Escola Superior de Música Santa Marcelina (SP), continuou seus estudos de música sacra em Herford e na Escola Superior de Música de Hamburgo (Alemanha), na classe do Prof. Wolfgang Zerer especializando-se em órgão. Desenvolveu paralelamente estudos de cravo sob a orientação das professoras Isolde Kittel e Gisela Gumz. Participou de diversos cursos de interpretação
de órgão e cravo.

Atuou como solista e camerista tendo feito concertos na Alemanha, Holanda, Argentina e Japão. Participou de vários duos: órgão e trompete com Sabine Braun (desde 1996); cravo e flauta com Barbara Witter (entre 2000 e 2002) e dois cravos com Elisa Freixo (desde 2000). Em 2002 participou da gravação do CD do Museu da Música de Mariana, com o Coral Ars Nova e Orquestra.

Reside hoje em Mariana, onde colabora na apresentação de concertos ao órgão da Sé e trabalha num projeto de divulgação e valorização dos instrumentos brasileiros.